Muitas vezes vais às compras ao supermercado e voltas com os sacos cheios de coisas que nem querias comprar? Há várias razões para isso acontecer.

Uma investigação publicada pelo Journal of Environment and Behavior constatou que os cereais para crianças são colocados propositadamente nas prateleiras mais baixas, para que as crianças consigam alcançá-los. Mas esta é apenas uma das tácticas praticadas.

Uma cadeia de supermercados regional nos Estados Unidos, Winn-Dixie, começou a aperceber-se de que os doces colocados apenas num único corredor, estavam a ter menos saída. E, para inverter isto, experimentaram começar a colocar os chocolates em pontos centrais da loja, como ao pé das caixas de pagamento ou mesmo no meio de corredores. Resultado? As vendas voltaram a aumentar.

Mas há mais. Nos pontos mais amplos da loja, há sempre uma ou duas torres de produtos e não estão ali porque o supermercado precisa de escoar. É só mesmo um plano de marketing, e funciona.

O mesmo se passa quando vemos expostos produtos limitados. Muitas das vezes estes produtos ainda têm bastante stock, mas estudos indicam que as pessoas têm mais tendência para pegar neles por serem limitados, do que se estivessem à venda normalmente.

[Fancy_Facebook_Comments]