O Lamborghini Centenario, super-desportivo criado para celebrar o 100.º aniversário de Ferruccio Lamborghini (fundador da marca),  está agora disponível também na versão roadster.

O modelo foi revelado nesta sexta-feira, 19, pela fabricante italiana e será uma das principais atracções do Pebble Beach Concours d’Elegance, na Califórnia (EUA).

A novidade segue a mesma essência do cupê “convencional”, mas com direito a um tecto removível. Além disso, o modelo das imagens tem um visual mais convidativo, que traz uma carroçaria pintada na tonalidade Argento Centenario (prata fosco), com detalhes pintados em preto, como os spoilers, saias laterais, difusor traseiro e detalhes no pára-choque. O bólide traz ainda rodas de 20 polegadas na frente e 21 polegadas atrás, calçadas com pneus Pirelli P Zero, e spoiler traseiro ajustável em três posições.

Por dentro, há acabamento em couro na cor castanho terra da Califórnia, detalhes em couro na cor Biano Polar e inserções em fibra de carbono. O Lamborghini oferece também sistema multimédia com ecrã de 10,1 polegadas e painel de instrumentos digital.

O propulsor que equipa o Centenario é um 6.5 V12, que rende 770 cavalos de potência, a 8.500 rpm, e 70,4 kgfm de torque, a 5.500 rpm, com transmissão ISR e tração integral. A estrutura do super-desportivo é a mesma do Aventador. No caso do roadster, houve um aumento de peso de cerca de 50 kg, pulando para 1.570 kg. Segundo dados da marca, o “sem tecto” vai de 0 a 100 km/h em 2,9 s, de 0 a 200 km/h em 8,6 s e de 0 a 300 km/h em 23,5 s, com velocidade máxima superior a 350 km/h.

Somente 40 unidades do Lamborghini Centenario serão produzidas, sendo 20 na carroçaria cupê e as outras 20 no modelo roadster. Todavia, todos os exemplares já foram vendidos e adaptados para cada proprietário pelo centro de personalização Ad Personam da fabricane. O preço? Algo em torno de dois milhões de euros. As entregas dos modelos serão efectuadas ainda este ano.