A utilização dos cigarros electrónicos nem sempre é encarada de ânimo leve, considerando os poucos estudos sobre os riscos para a saúde. Contudo, um estudo inglês esclarece-nos que o aparelho pode sim ser benéfico para quem quer deixar de fumar.

Na Inglaterra, cerca de 18 mil pessoas indicam ter recorrido ao cigarro electrónico em detrimento dos cigarros normais e não revelaram qualquer efeito secundário dessa utilização.

Pesquisadores da University College London (UCL) analisaram os últimos dados tabagísticos registados no país e não encontraram qualquer evidência de que o e-cigarro influencia directamente quem decide parar de fumar, mas esses mesmos dados indicam que quanto mais pessoas usaram o dispositivo, maior foi o número de pessoas que deixaram efectivamente de fumar.

Apesar de ainda pouco se saber sobre quais são os reais riscos para a saúde, o estudo, publicado na revista Cochrane, confirma assim que o e-cigarro ou vaporizador pode ser um poderoso aliado para quem toma a decisão de parar de fumar sem sofrer danos colaterais.

[Fancy_Facebook_Comments]