Jay Z e o New York Times acabam de lançar uma curta animada sobre a guerra contra as drogas, que o rapper considera um falhanço épico.

Apesar de ser uma figura pública que raramente dá a sua opinião sobre política e questões sociais, Jay Z tem cada vez mais se mostrado mais activo em passar a mensagem de desequilíbrio social e justiça que se vive nos Estados Unidos. Neste pequeno filme de quatro minutos, Jay é o narrador que conta como começou essa guerra contra as drogas e o impacto que tem na comunidade branca e não branca.

Os Estados Unidos têm uma das taxas de encarceramento mais elevadas do mundo, deixando bem atrás países considerados opressores como Russia, Cuba ou Irão. “45 anos depois de Nixon ter apelado a esta guerra, em 1971, está na hora de repensar a nossa política e leis”, diz o narrador, que acrescenta: “a guerra contra as drogas é um falhanço épico”.

[Fancy_Facebook_Comments]