O organismo máximo do futebol vai mudar a forma de atribuição da Bola de Ouro, que premeia o melhor futebolista do ano, já na próxima edição, desfazendo a parceria com a France Football.

A FIFA escreveu em comunicado que “o acordo contratual entre a FIFA e a France Football expirou. Dissemos à France Football, no início de Agosto, que o contrato não seria renovado”, e sobre o novo prémio, “mais tarde” o organismo garante que ira revelar mai detalhes sobre a mudança.

A distinção, que em 2015 foi atribuída ao argentino Lionel Messi, será definida pela votação de um colégio de jornalistas, deixando de participar nesta eleição os capitães e técnicos das seleções nacionais.

Desde a criação do prémio conjunto, em 2010, Messi e Cristiano Ronaldo têm divido a premiação tendo o argentino quatro (2010, 2011, 2012 e 2015) e o português duas (2013 e 2014).

 

[Fancy_Facebook_Comments]