Passados vinte anos da sua morte, o nome Tupac Shakur continua a ser dos que mais se fazem sentir no panorama musical dos Estados Unidos da América. A BANTUMEN dá-te a conhecer cinco coisas que para muitos podem ser surpresa.

1 – Em Oakland, EUA, no início dos anos 90, Tupac e o irmão mais velho Mopreme Shakur tentaram montar um grupo musical com jovens de rua com dificuldades financeiras. “Young Thugs” e “The Have Nots” eram os nomes para o conjunto em cima da mesa, mas o projecto acabou por cair por terra.

Mais tarde, em conjunto com amigos de infância, E.D.I. Mean, Yaki Kadafi, Tupac Shakur e o irmão Mopreme fundaram os Dramacydal também conhecidos por Outlawz.

2 – Antes de ir para a prisão, a Death Row Records, de Suge Knight e a Ruthless Records, do rapper Eazy-E, lutavam para assinar com Tupac Shakur. Segundo Charis Henry, antigo assistente de Eazy-E, 2Pac passava os dias seguidos com a Ruthless, onde chegavam a partilhar refeições e a marcar presença em eventos publicitários.

3 – O padrasto de Tupac, Mutulu Shakur, um revolucionário condenado por participar, em 1981, numa tentativa de assalto a uma carrinha de segurança que continha 1,6 milhões de dólares, em Rockland, Nova Iorque. Cumpriu pena em Lompoc, na Califórnia onde em 1993, organizou um concerto em que participaram Tupac Shakur e alguns cantores.

4 – Em 1994, Tupac Shakur acusou Biggie Smalls de ser o culpado pelo tiroteio na Quad Studios. Acusação essa que deu início a guerra entre o Este e o Oeste. Segundo Greg Kading, investigador da Policia de Los Angeles que voltou a analisar o caso, afirmou que Tupac atirou em si próprio e que “quando ia a tirar a armar da cintura, ele carregou no gatilho”. O investigador acrescentou ainda que “se a intenção dos três agressores fosse executar Tupac Shakur o teriam feito”.

5 – Em 1995, Tupac assinou com Death Row Records com a intenção de trabalhar com o produtor e rapper Dr. Dre. Uma breve parceria, no qual resultou a música “California Love”, pois o antigo membro dos N.W.A, acabou por deixar a editora que fundou em 1996.

Mais tarde, Dr. Dre, em entrevista ao jornalista americano Harris Rosen, confessou que Tupac Shakur nunca tinha estado na sua casa, inclusive não sabia onde o produtor vivia e os dois nunca dividiram o mesmo carro.

[Fancy_Facebook_Comments]