Ricardo Preto, Olga Noronha, Patrick de Pádua, Filipe Faísca, Ricardo Andrez, Nadir Tati, Kolovrat e Luís Carvalho apresentaram ontem as suas colecções para o verão 2017 na passerelle da ModaLisboa Together.

Nadir Tati voltou a levar a tradição e estética africana para a passerelle da ModaLisboa, com a colecção “Caminhos da Alma”. Vestidos, drapeados, bordados, transparências, rendas e tecidos africanos marcaram as propostas de senhora. Para homem, Nadir Tati apresentou fatos, gravatas e camisas com estampados gráficos a preto e branco.

Uma colecção sublime de fatos, gravatas e camisas com cortes modernos e que realçam o corpo masculino misturados ao toque clássico que representam o homem africano e uma linha vasta de vestidos de noite trabalhados ao detalhe.

“O meu trabalho é o de “transportar” para o mundo toda uma história africana que passa por um processo de identidade e afirmação de um continente que acompanha cada vez mais o mundo num processo de globalização”, explica a designer.

Mais de trinta coordenados foram apresentados no último dia de desfiles em Lisboa.