No passado dia 21, o Twitter, o Spotify, bem como outros sites de grandes empresas, como o jornal Financial Times, foram atacados informaticamente, estando os utilizadores impossibilitados de aceder aos mesmo durante o dia. O governo dos EUA indica que está a verificar se se trata de um acto criminoso.

Tudo aconteceu quando dois ataques (o primeiro verificou-se às 11 horas e durou duas horas e o segundo aconteceu perto das 13h30) causaram problemas de conexão em vários pontos do mundo, com maior foco na costa leste norte-americana.

Entre os sites atacados encontra-se também o Ebay, Reddit, Shopify, Airbnb, SoundCloud e, outros meios de comunicação, como The New York Times e The Verge. Ainda não foram apurados os responsáveis, mas o governo dos EUA está a investigar se este é um “acto criminoso” e a analisar “todas as possíveis causas”, como avança a agência Reuters.

Nos últimos meses, são várias as empresas que registaram este tipo de falhas de segurança: Yahoo teve uma quebra de segurança que afectou 500 milhões de contas em Setembro, Dropbox, admitiu ter tido falhas na segurança de 60 milhões de contas em Agosto e, antes do Verão, o caso do Twitter.