Está mais que esclarecido que um combate entre Floyd Mayweather Jr. e Connor McGregor nunca vai acontecer, mas o beef cibernético que os dois lutadores têm tido serve para nos entreter e alimentar a esperança de que um destes dias é dia santo.

O lutador irlandês de UFC acredita que venceria o pugilista norte-americano, em apenas 30 segundos, e por isso obteve uma licença para lutar boxe no estado da Califórnia, nos Estados Unidos da América. A confiança de Mayweather mantém-se inalterável, já que aos 39 anos, reformado do mundo desportivo, detém um recorde pessoal de 49 vitórias e zero derrotas.

Na passada quarta-feira, no seu Instagram, Floyd Mayweather publicou um vídeo com imagens da desistência de Connor McGregor, num combate contra Nate Diaz editado com imagens de si próprio, com o seguinte título no final: “49-0 vs Conor, o Grande Desistente.” A publicação vem com uma oferta aliciante, são 10 mil dólares que o pugilista oferece a quem tiver o melhor vídeo deste momento de McGregor. O vencedor será anunciado segunda-feira, dia 19
de dezembro.

https://www.instagram.com/p/BOBmdb3ga-f/?taken-by=floydmayweather&hl=pt

Para terminar toda esta provocação, as palavras de Pretty Boy, foram ásperas no que toca ao destino que reserva ao irlandês: “Vou destruir o McGregor. Vou esbofeteá-lo quando o vir. Eu não luto na Califórnia. O que o levou a conseguir licença para a Califórnia? Ele não quer realmente lutar, porque já falei com o chefe dele. Ele não quer lutar, apenas manter o nome vivo. Quer continuar a ser relevante. Está a enganar os seguidores, mas admito que é esperto.”

Segundo o jornal britânico The Sun, uma noite de espetáculo, com estes dois grandes sendo nomes cabeça de cartaz, renderia à volta de 126 milhões de euros (100 milhões de libras) a Floyd Mayweather e apenas 8,9 milhões de euros para Conor McGregor, o equivalente a 7 milhões de libras.