Filho de Pablo Escobar recusa seguir pegadas do pai

O nome Sebastian Marroquin é irreconhecível para qualquer um de nós, mas se acrescentarmos que este é o nome do filho de Pablo Escobar rapidamente damos uma imagem ao nome. Em entrevista, ao Architect’s Newspaper, Sebastian confessou que não ficou fã da série “Narcos”, transmitida pela Netflix, e que o seu verdadeiro amor é a arquitectura e que não pretende seguir as pisadas do seu pai.

“A arquitectura salvou-me a vida porque me deu a possibilidade de acreditar que quando algo é destruído ou corre mal, poderá sempre nascer alguma coisa disso. Ensinou-me não só a pensar na arte como na vida”, Sebastian partilhou ainda que tem sido difícil não ser assombrado pelo passado criminoso do seu pai.

“É uma pena que as pessoas me julguem por causa do passado do meu pai e não pelo que sou capaz. Esse foi um dos principais obstáculos ao longo da minha carreira profissional. Eu não quero ser um traficante de droga. Sei como traficar droga, não o quero fazer. Não quero ser um milionário outra vez se tiver sempre que pagar as dívidas do meu pai. Não quero repetir essa história. Existe muito a aprender com o passado e com a história do meu pai.”

Até ao momento, Sebastian Marroquin está a trabalhar num projecto que vai dar origem a um centro de dia grátis, numa pequena cidade, algures na Argentina.

TRABALHO DE PRETO
nv-author-image

Equipa BANTUMEN

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.