Com 17 milhões de unidades vendidas, o Oppo R9 é o smartphone que conquistou a China, com um exemplar a ser adquirido a cada 1,1 segundos, nos primeiros meses. No total, foram vendidos mais cinco milhões de Oppo R9 do que iPhones 6s.

A estreia do Oppo R9, que pertence à Oppo Electronics, no mercado chinês foi imparável. Logo no primeiro dia “voaram” 180 mil unidades do modelo principal da marca chinesa Oppo Electronics. Três dias depois o número disparou para 400 mil. No final do ano, foram mais de 17 milhões, o que equivale a 4% da quota de mercado, segundo um relatório divulgado pela Counterpoint Technology Market Research. Já o iPhone ficou a uma larga margem de distância, com 2% da quota de mercado de telemóveis no país.

O estudo mostra ainda que, em relação a 2015, a Apple perdeu 21% do número de vendas. A tendência de queda nas vendas registou-se também noutras marcas, como a sul-coreana Samsung e as companhias chinesas Lenovo e Xiaomi. Por outro lado, a Oppo registou um aumento exponencial de 109%.

O modelo “especializado em selfies“ tem uma câmara principal de 16 megapixels e uma câmara frontal de 13 megapixels. O equipamento vem equipado com um processador Snapdragon 810 Octa-Core, 4 GB de memória RAM e 64 GB de memória para o armazenamento interno, com a possibilidade de expansão através de um cartão micro SD até 128 GB.