Black Coffee sai em defesa de Drake e de “More Life”

Neste seu último trabalho, More Life, Drake trouxe aos seus fãs sonoridades novas, aos quais não estavam habituados a ouvir na voz do artista. Este projecto conta com 22 músicas e desde o início foi intitulado de playlist devido à junção de artistas de todos os cantos do mundo.

Esta generalidade do artista, no que toca a fazer música, não tem agradado a todos e muitos têm criticado Drake por apoderar-se da cultura musical para poder vender mais e abranger um público maior. Mas existe quem esteja em desacordo e já tenha saído em defesa do artista canadiano.

O DJ Black Coffee, que participou também em More Life, acredita que a vontade de Drake fazer música pouco mainstream é uma situação vantajosa para todos. O dj contou ainda à plataforma Pigeons & Planes todo o seu envolvimento nesta playlist e a sua opinião sobre Drake.

“Para mim não existe melhor coisa que receber todo este apreço por parte de Drake. […] Tenho dito várias vezes que a música que fazemos é muito boa. Quem me dera que a pudéssemos expor toda ao mundo, como fez Drake em More Life.”

Black Coffee falou ainda de como foi o processo de realização da faixa “Get It Together”. O dj explicou que nunca conheceu Drake nem Jorga Smith e que apenas entraram em contacto com a equipa dela para pedir o beat original de “Superman”.

“A verdadeira razão, além de fazermos música por que adoramos, é que a música tem a capaciadz de envolver e unir as pessoas. Drake é o artista do momento e é exactamente o que ele está a fazer. Está a unir-nos a todos. Ele está a ser esperto, consegue estar assim em todos os campos musicais. Para ele é um investimento e ainda para mais tem uma enorme base de fãs na Grã-Bretanha. Drake está a investir na cultura e está a tornar-se de dia para dia num artista global.”

BANTULOJA
nv-author-image

Equipa BANTUMEN

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.