Pela primeira vez desde 1994, os jogadores da Liga Norte-Americana de Hóquei (NHL) não vão participar nos Jogos Olímpicos de Inverno. A próxima edição ocorre em 2018 e vai ter lugar na Pyeongchang, na Coreia do Sul. Depois das reuniões entre a NHL, a Associação de Jogadores da NHL e  o Comité Internacional Olímpico (IOC), a Liga emitiu um comunicado a dizer que o assunto está arrumado visto que não se consegui chegar a acordo.

Os primeiros jogos olímpicos de inverno que os jogadores da NHL marcaram presença foi em 1998, em Nagano, no Japão e estiveram presentes em todas as edições até à última em 2014, em Sochi, na Rússia. O problema em torno da situação é o facto dos jogadores jogarem em países com fusos horários que impedem a transmissão dos jogos em horário nobre no continente norte-americano.

Até ao momento, o Comité Olímpico tinha concordado em pagar os custos dos transportes e o seguro aos jogadores. Um total de 14 milhões investidos pelo IOC, que agora recusa-se a cobrar essas despesas.

Em baixo fica um trecho do comunicado divulgado pela NHL:

“Deixámos claro que a maioria dos clubes da NHL são contra a interrupção da temporada 2017-2018 para facilitar a participação olímpica de alguns jogadores. Mostrámos interesse em ouvir todos os intervenientes neste assunto e é do interesse de todos que o Quadro da Direcção reavaliasse a situação. Passaram um número de meses e nenhum diálogo foi concluído. Em vez disso, o IOC afirmou que a participação da NHL em Pequim, em 2022, está condicionada consoante a nossa participação na Coreia do Sul, em 2018.

A Associação de Jogadores da NHL confirmou publicamente que não tem interesse nenhum em participar em nenhuma discussão que possa tornar a inclusão nos Jogos Olímpicos mais atractiva para os nossos clubes. Em suma, e para esclarecer qualquer dúvida sobre qualquer especulação, fica assim confirmado que não vamos proceder a nenhuma pausa durante a época regular de 2017-2018, para participar nos Jogos Olímpicos de Inverno. Consideramos agora um assunto fechado.

Esta é a primeira vez em 20 anos que jogadores da NHL não vão participar nos Jogos Olímpicos de Inverno.