5 mitos sobre o sexo oral que deves esquecer

Mariano Rosselló Gayá é um médico espanhol, especialista em Medicina Sexual de Madrid que tem lutado contra os mitos sexuais que se perpetuam ao longo do tempo. Mais recentemente, Gayá esteve num programa da BBC Mundo, onde desmistificou algumas falsas ideias que estão directamente relacionadas com as doenças sexualmente transmissíveis. Antes de passarmos aos mitos, há uma sentença relevante a sublinhar: o sexo oral não é mais nem menos perigoso do que o sexo anal ou vaginal, o especialista defende que a prevenção é a palavra de ordem em qualquer tipo de sexo praticado.

Mito 1 – A boca não é um meio de contracção de doenças sexualmente transmissíveis.

Quanto a esta teoria, Gayá tem apenas uma coisa a dizer “é falsa”, pois “pode-se contrair doenças sexualmente transmissíveis via sexo oral”, tais como o vírus do papiloma humano e herpes genital.

Mito 2 – Não se deve escovar os dentes antes do sexo oral.

Diz a sabedoria popular que escovar os dentes antes do sexo oral deixa a boca à mercê de possíveis feridas e lesões, o que impulsionaria o contágio. Contudo, explica o especialista à BBC, a higiene bucal nunca deve ficar esquecida, deve é ser feita cuidadosamente para evitar as lesões e possíveis sangramentos.

Mito 3 – O sexo oral não necessita de protecção.

Já o ditado diz que “mais vale prevenir do que remediar” e o sexo oral não é excepção, especialmente se o/a parceiro/a não tiver feito exames que comprovem a ausência de doenças sexualmente transmissíveis.

Mito 4 – O risco de contágio deixa de existir quando o homem retira o pénis antes da ejaculação.

Para o especialista, o risco de contágio nestes casos é baixo, mas está longe de ser inexistente, uma vez que o líquido pré-ejaculatório também pode transmitir doenças.

Mito 5 – O sexo oral só implica risco de contágio de doenças sexualmente transmissíveis.

A verdade é que a ciência já provou que alguns cancros bucais podem ser causados por esta prática, ou seja o sexo oral pode mesmo causar cancro da garganta.

 

TRABALHO DE PRETO
nv-author-image

Equipa BANTUMEN

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.