Apple tem 200 mil milhões para comprar a Disney

Segundo uma investigação liderada pela RBC Capital, a Apple pode alcançar as condições necessárias para adquirir a Disney, 200 mil milhões de dólares americanos. A fusão entre estes dois colossos resultaria numa empresa avaliada em 1 trilião de dólares, tendo a capacidade de ter uma fonte ilimitada de conteúdo e tecnologia.

Uma colaboração Apple-Disney vai juntar a base de utilizadores das duas marcas fazendo com que domine por completo um mercado onde pertencem Netflix, Amazon e outras empresas de entretenimento e conteúdos.

“Os investidores aumentaram as suas expectativas de que a Apple está seriamente. apensar adquirir a Disney,” o rumor surgiu depois de no último ano o CEO da Apple, Tim Cook ter admitido que a empresa estava aberta para qualquer aquisição dessa dimensão.

Outro dos benefices seria a capacidade de incluir tecnologia da Apple nos parques temáticos da Disney e a possibilidade de ter os direitos de streaming exclusivo dos canais ABC e ESPN, pela rede da Disney. Além dos benefícios que te acabámos de mostrar, a história também está do lado da Apple, porque Steve Jobs, diretor da marca que morreu foi um dos empresários com mais acções dos estúdios da Pixar.

O único senão deste investimento para a Apple, é que a empresa terá de arranjar maneira de distribuir o seu capital offshore de forma equilibrada por causa dos impostos a pagar. Se tudo acontecer pelo melhor, este casamento entre Silicon Valley e Hollywood será um dos maiores e mais caros de sempre.

TRABALHO DE PRETO
nv-author-image

Equipa BANTUMEN

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.