A Apple adaptou deste esta quarta-feira, 18 de Abril, uma nova política, que aumenta a sua interacção com os utilizadores de iOS e MacOS. A empresa da maçã deixou de cobrar pelas aplicações Pages, Keynote, Numbers, iMovie e GarageBand.

Estas apps custavam alguns dólares cada, a não ser que se adquirisse um novo iGadget ou Mac e poderia baixá-los gratuitamente, agora todos os aplicativos, tanto para iOS quanto para macOS, são agora gratuitos — independentemente se se comprar ou não um novo iPhone, iPad ou computador.

A Apple passa assim a cobrar apenas as apps 100% voltadas para o público profissional, como o Final Cut Pro e o Logic Pro X.