Alimentar-se de forma saudável, equilibrada e nutritiva é dos principais desafios nos dias de hoje. A margem de erro na alimentação durante um dia é muita, desde os pequenos doces ingeridos durante aos dias de corrida ao fast food para um almoço rápido.

O site Byrdie, especialista em dicas para nos cuidarmos melhor, contou o que os nutricionistas fazem para facilitar esta ‘missão’ de ter uma alimentação saudável, destacando oito truques:

Não considerar o pão um alimento de primeira necessidade. Os grãos, especialmente aqueles que foram transformados em farinhas, são relativamente pobres em nutrientes em comparação com os alimentos integrais – que incluem desde a aveia ao arroz integral ou vegetais.

Comer sempre proteína ao pequeno-almoço. É ela que o vai ajudar a saciar a fome e a mantê-lo cheio por mais tempo, além de ajudar a combater a vontade de comer doces.

Manter as cascas sempre que possível. Comer frutas e vegetais com casca, sempre que possível, é a melhor forma de aumentar o seu consumo de fibra – conhecida pelas seus benefícios para a saúde como prevenir doenças cardiovasculares, diabetes e obesidade e melhorar a saúde digestiva.

Apostar nas gorduras saudáveis. Comer uma ou duas fontes de gorduras saudáveis por dia faz bem à saúde e à dieta.

Fazer de uma boa noite de sono a prioridade. Se não dormires bem, não te vais sentir bem nem vais comer bem.

Nutrir o intestino. O microbioma pode não ser um tema sexy, mas é essencial para o teu sistema imunitário e para a gestão do peso e apetite. Por isso, escolhe alimentos e bebidas que contribuam para a saúde do teu intestino.

Manter a hidratação. Pode parecer muito simples, mas muitos de nós não bebem a quantidade de água necessária para promover uma hidratação correcta.

Comer fígado. A nutricionista Cassandra Barns diz que “o fígado é provavelmente o superalimento mais rico em nutrientes que podemos comer”. É rico em ferro e vitaminas B e A, que te dão energia e fortalecem o sistema imunitário.