Sofia Coppola foi o grande destaque da 70ª edição do Festival de Cannes

Prémios entregues e cerimónia terminada, chega ao fim a 70ª edição do histórico Festival de Cannes. Nesta edição, marcada pela polémica presença da Netflix entre os filmes distinguidos, e em que o júri foi presidido pelo cineasta espanhol Pedro Almodóvar, o prémio de Melhor Realizador foi entregue a Sofia Coppola por The Beguiled.  Em 70 anos, esta foi apenas a segunda vez que uma mulher recebeu este prémio, tendo sido entregue pela primeira vez em 1961 a Yuliya Solntseva, por The Chronicle of Flaming Years.

Confere de seguida a lista de vencedores, através da qual podes guiar as tuas próximas escolhas cinematográficas.

LISTA DE VENCEDORES:

Palma de Ouro
The Square, de Ruben Ostlund (Suécia, Alemanha, França, Dinamarca)

Grande Prémio do Júri
120 Battements Par Minute, de Robin Campillo (França)

Melhor Realizador
Sofia Coppola, por The Beguiled (EUA)

Melhor Actriz
Diane Kruger, em In the Fade (Alemanha)

Melhor Actor
Joaquin Phoenix, em You Were Never Really Here (Reino Unido)

Melhor Argumento (Empate)
The Killing of a Sacred Deer, de Yorgos Lanthimos (Irlanda, Reino Unido)
You Were Never Really Here, de Lynne Ramsay (Reino Unido)

Prémio do Júri
Loveless, de Andrey Zvyagintsev (Rússia, França, Bélgica, Alemanha)

Camera d’Or (Melhor Primeiro Filme)
Montparnasse Bienvenüe, de Léonor Serraille (França)

Palma de Ouro (Curta-Metragem)
A Gentle Night, de Qiu Yang (China)

Menção Especial
Katto, de Teppo Airaksinen (Finlândia)

Prémio 70º Aniversário
Nicole Kidman

 

TRABALHO DE PRETO
nv-author-image

Equipa BANTUMEN

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.