MonaRoda representa Cabo Verde no Campeonato Internacional de dança em Cadeiras de Rodas

O grupo MonaRoda vai representar Cabo Verde no Campeonato Internacional de Dança em Cadeiras de Rodas, que se realiza nos dias 17 e 18 de Junho, em Frankfurt, Alemanha.

Em declarações à Inforpress, a fundadora e presidente do grupo, Miriam Medina, manifestou alegria e orgulho do grupo em poder representar Cabo Verde uma vez mais num Campeonato Internacional, desta feita com a dupla composta por Miriam Medina e Flávio Tubaron, que vão disputar em três categorias: Freestyle Single Man, Freestyle 2 e convencional.

Miriam Medina e o seu parceiro Flávio Tubaron vão dançar na categoria Freestyle Combi 2, a música “Di Mi Ku Bo”, interpretada pela cantora, Elida Almeida, enquanto na categoria Freestyle man a música será “Pirates of Caribbean”.

Depois deste evento, o grupo vai ainda para participar no Campeonato Mundial de Dança em Cadeiras de Rodas, em Outubro, na Bélgica.

Em Abril, o grupo havia conquistado 5 medalhas no Campeonato Internacional de Dança em Cadeira de Rodas, na Holanda, respectivamente, uma medalha de ouro por Flávio Tubaron, na categoria freestyle single men (estilo livre homens); duas de prata, sendo uma por Élia Neves Mendes, na categoria freestyle single womenn (estilo livre mulheres), e o outro por Flávio e Miriam Medina, na categoria freestyle combi 2 (estilo livre combinado).

Na ocasião, o grupo conquistou ainda mais duas medalhas de bronze referentes ao 4.° e 5.° lugar disputados por Élia Mendes e Euclides Moreira, na categoria Duo standard dentro e fora do IPC.

“Sentimo-nos realizados por conquistar estas medalhas, num campeonato internacional onde as equipas concorrentes têm mais possibilidades de ensaios, pois, nós em Cabo Verde deparamos com muitas dificuldades”, tinha desabafado em declarações à Inforpress, a mentora do grupo, Miriam Medina.

MonaRoda é uma associação integrada por pessoas com e sem deficiência física, que luta pelos direitos das pessoas portadoras de deficiência, foi criada em Julho de 2009 e desde então tem contribuído para uma melhor integração dessa classe na sociedade.

 

TRABALHO DE PRETO
nv-author-image

BANTUMEN c/ agências

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.