Butler, 22 anos, nigeriano, e um excelente ilustrador viciado no corpo feminino

Butler, 22 anos, é um ilustrador cujas últimas obras têm como foco a delicadeza do corpo feminino. Traços finos de silhuetas marcantes é como poderíamos adjectivar os seus desenhos, que ilustram o corpo da mulher tal como veio ao mundo, nu.

De acordo com uma entrevista de Butler à Highsnobiety, a sua pouplaridade começou quando o nigeriano, que actualmente vive em Londres, foi desafiado por um amigo a publicar no Instagram a fotografia de um guardanapo onde se deixou levar pela inspiração. “Sempre quis criar beleza (…) a foto tornou-se viral e nunca mais parei desde aí”, explicou.

O foco no corpo feminino nasceu pela curiosidade que sempre teve pela anatomia. A sua mãe é enfermeira e o facto de terem uma mini biblioteca, onde proliferavam os livros de anatomia, fez com que a sua imaginação fluísse para os seus esboços.

Além de que, “nos tempos do ensino secundário, se quisesses chamar a atenção de uma miúda,  tinhas de a desenhar e nem pensar em fazer asneira com os seus traços faciais”. Raramente resultava e tinhas sempre de fazer vários (desenhos)”, disse Butler.

Vê abaixo algumas das obras de arte deste jovem artista, que estão expostas no seu perfil de Instagram.

7pm In London

Uma publicação partilhada por Butler (@butlerarchive) a

I was phoneless for the past 3 days and it was extremely unbearable which is very worrying.. I'll reflect on it later ????

Uma publicação partilhada por Butler (@butlerarchive) a

Does anyone have any book recommendations?

Uma publicação partilhada por Butler (@butlerarchive) a

Sun Buddies

Uma publicação partilhada por Butler (@butlerarchive) a

Every dot matters

Uma publicação partilhada por Butler (@butlerarchive) a

.com

Uma publicação partilhada por Butler (@butlerarchive) a

TRABALHO DE PRETO
nv-author-image

Equipa BANTUMEN

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.