Cinema: As estreias da semana | 17 Agosto

Estes são os filmes a entrar em cartaz nas salas de cinema, a partir de 17 de Agosto.

Os chapéus de chuva de Cherburgo

Título original: Les Parapluies de Cherbourg
De: Jacques Demy
Com: Anne Vernon, Catherine Deneuve, Marc Michel, Nino Castelnuovo
Género: Musical, Comédia Romântica
Classificação: M/12
Outros dados: FRA, 1964, Cores, 90 min.
Palma de ouro do Festival de Cannes de 1964, “Os Chapéus-de-Chuva de Cherburgo” é um dos mais belos filmes do cinema francês, com a sua atmosfera de mágica melancolia onde os apaixonados se cruzam e se perdem. Um filme totalmente cantado, sobre o efémero e a eternidade do amor.

As donzelas de Rochefort

Título original: Les Demoiselles de Rochefort
De: Jacques Demy
Com: Catherine Deneuve, Danielle Darrieux, Françoise Dorléac
Género: Musical
Classificação: M/12
Outros dados: FRA, 1966, Cores, 120 min.
Catherine Deneuve e a sua irmã Françoise Dorléac (prematuramente desaparecida num trágico acidente) são as “donzelas de Rochefort”, outro porto francês amado e cantado por Jacques Demy. A história, em estilo de conto de fadas à volta de marinheiros e raparigas por eles apaixonadas, é uma celebração e homenagem ao musical americano que tanto fascinava Demy, e que se materializa na presença de Gene Kelly e do intérprete de “West Side Story”, George Chakiris.

Hampstead – Nunca é tarde para amar

Título original: Hampstead
De: Joel Hopkins
Com: James Norton, Diane Keaton, Brendan Gleeson
Género: Drama
Classificação: M/12
Outros dados: GB, 2017, Cores, 102 min.

Desde a morte do marido que Emily Walters se sente completamente à deriva e nem mesmo as atenções constantes de Philip, o filho, a ajudam a retomar o gosto pela vida. Mas tudo muda quando conhece Donald Horner, um homem de meia-idade que, há 17 anos, vive ilegalmente numa cabana em pleno parque de Hampstead Heath, em Londres. Quando se apercebe que ele está a ser importunado por um grupo imobiliário que tem interesses no local, dispõe-se a ajudá-lo. Deste modo, a batalha de Donald dá a Emily a motivação que precisava para dar início a um novo ciclo da sua vida. Entre os dois, nasce uma amizade especial que parece vir a colmatar as necessidades de cada um…
Um filme dramático realizado por Joel Hopkins (“Golpe de Amor”) e escrito por Robert Festinger, que se inspira na verdadeira história do irlandês Harry Hallowes. Diane Keaton, Brendan Gleeson, James Norton, Lesley Manville, Jason Watkins e Simon Callow dão vida às personagens.

A torre negra

Título original: The Dark Tower
De: Nikolaj Arcel
Com: Katheryn Winnick, Matthew McConaughey, Idris Elba
Género: Acção, Aventura
Classificação: M/14
Outros dados: EUA, 2017, Cores, 95 min.

Num mundo pós-apocalíptico onde o tempo decorre de um modo não-linear, cidades inteiras desapareceram sem deixar rasto. Roland Deschain (Idris Elba), o último de uma ordem conhecida como os Pistoleiros, busca a Torre Negra, o centro de convergência de todos os universos. Esse lugar está prestes a ser destruído por Walter O’Dim (Matthew McConaughey), um poderoso feiticeiro também conhecido como o Homem de Negro. Nesta missão de salvação da Torre, Roland terá como companheiro Jake Chambers (Tom Taylor), um rapaz de 11 anos com capacidades paranormais. Juntos, eles vão tornar-se na última esperança da Humanidade.
Com realização de Nikolaj Arcel e argumento seu em parceria com Akiva Goldsman, Jeff Pinkner e Anders Thomas Jensen, o filme baseia-se-se na série literária pós-apocalíptica que mistura ficção científica, fantasia e terror escrita, ao longo de mais de três décadas, pelo norte-americano Stephen King. A história inspira-se no poema do século XIX “Childe Roland to the Dark Tower Came”, de Robert Browning, nas lendas arturianas, no imaginário de “Senhor dos Anéis”, de J.R.R. Tolkien e também nos “westerns” do cineasta italiano Sergio Leone.

O verão de Sangaile

Título original: Sangailes Vasara
De: Alante Kavaite
Com: Julija Steponaityte, Aiste Dirziute, Jurate Sodyte
Género: Drama, Romance
Classificação: M/12
Outros dados: HOL/Lituânia/FRA, 2015, Cores, 88 min.

Sangaile, de 17 anos, é aficionada de aviões de acrobacia e sonha um dia poder entrar num deles. Porém, apesar de não o confessar, o seu terror por alturas impede-a. Um dia, durante uma apresentação de aeronáutica, conhece Auste, uma jovem da sua idade que, ao contrário de si, é autoconfiante e vive cada momento como se fosse o último. Apesar das grandes diferenças de personalidade, as duas raparigas acabam por se apaixonar. E quando Auste descobre a fraqueza de Sangaile decide que é chegado o momento de a fazer superá-la…
Protagonizado por Julija Steponaityte e Aiste Dirziute, um drama romântico sobre autodescoberta que conta com argumento e realização da lituana Alante Kavaite (“Écoute Le Temps”).

Wind River

Título original: Wind River
De: Taylor Sheridan
Com: Jon Bernthal, Elizabeth Olsen, Jeremy Renner
Género: Thriller, Acção
Classificação: M/16
Outros dados: EUA/CAN/GB, 2017, Cores, 110 min.

A jovem agente do FBI Jane Banner é destacada para uma Reserva de Nativos Americanos, situada no estado de Wyoming (EUA), para investigar a morte de uma adolescente, cujo corpo fora encontrado por Cory Lambert, um caçador local. Pouco preparada para o isolamento da região ou para os rigores do clima, ela vê-se com dificuldade em avançar com a investigação. É então que contrata Cory como guia e, com ele, aventura-se por território selvagem onde a lei da natureza impera sobre todas as outras…
Estreado no Festival de Cinema de Cannes, conta com assinatura do actor e argumentista Taylor Sheridan, conhecido pelos argumentos de “Sicario” ou “Hell or High Water” – este último valeu-lhe uma nomeação para o Óscar e um Globo de Ouro na categoria de melhor argumento original. O elenco conta com a participação de Elizabeth Olsen, Jeremy Renner, Graham Greene, Kelsey Asbille e Tokala Clifford, entre outros.

Dois é demais… ou talvez não

Título original: Un profil pour deux
De: Stéphane Robelin
Com: Pierre Richard, Yaniss Lespert, Fanny Valette
Género: Comédia
Classificação: M/14
Outros dados: BEL/ALE/FRA, 2017, Cores, 99 min.

Pierre é um viúvo solitário e misantropo que praticamente não sai de casa. Depois de muitas tentativas frustradas de o ajudar, a filha decide oferecer-lhe um computador. Para se assegurar de que o pai consegue desenvencilhar-se, pede a Alex, um técnico de informática, que lá vá a casa e lhe explique as principais funcionalidades. Pierre inicia a sua primeira incursão pela internet, descobrindo um mundo novo e um prazer inesperado. É então que, depois de várias noitadas em experimentações, se inscreve num “site” de encontros. Lá, o velho senhor conhece Flora, uma jovem muito atraente por quem sente uma ligação imediata. Com o tempo, e com o evoluir da “relação”, ela propõe o inevitável primeiro encontro. Mas, para isso se torne possível, ele só tem de resolver uma questão algo constrangedora: a foto que usou no perfil é a de Alex, não a sua.
Escrita e realizada por Stéphane Robelin (“E Se Vivêssemos Todos Juntos?”), uma comédia sobre segundas oportunidades que tem os actores Pierre Richard, Yaniss Lespert, Fanny Valette como protagonistas.

Que loucura de noite

Título original: All Nighter
De: Gavin Wiesen
Com: Analeigh Tipton, Emile Hirsch, J.K. Simmons, Meta Golding
Género: Comédia
Classificação: M/14
Outros dados: EUA, 2017, Cores, 86 min.

Frank Gallo, um executivo obcecado pelo trabalho, aproveita uma escala em Los Angeles para visitar Ginnie, a filha de quem não tem notícias há já algum tempo. Quando chega a casa dela descobre que, logo após ter terminado com o namorado, a rapariga desapareceu sem explicações. Preocupado com o que lhe possa ter acontecido, decide procurá-la. A ajudá-lo, terá o apoio (involuntário) do desolado Martin, o ex-genro de quem nunca gostara particularmente. Mas, apesar de várias descobertas inesperadas sobre Ginnie, encontrar alguém nas ruas de Las Vegas vai revelar-se bastante mais complexo do que ambos poderiam esperar.
Uma comédia de acção realizada por Gavin Wiesen (“A Arte de Passar o Tempo”) segundo um argumento de Seth W. Owen, que conta com Analeigh Tipton, Emile Hirsch e J.K. Simmons nos papéis principais.

Wiener-dog – Uma vida de cão

Título original: Wiener-Dog
De: Todd Solondz
Com: Ellen Burstyn, Kieran Culkin, Julie Delpy, Danny DeVito, Greta Gerwig, Tracy Letts, Zosia Mamet
Género: Comédia Dramática
Classificação: M/14
Outros dados: EUA, 2016, Cores, 88 min.

Quatro histórias entrelaçadas sobre várias pessoas que, em comum, tiveram o mesmo cão (de raça Dachsund, também conhecido como “salsicha”). O primeiro dono era um rapazinho que sobrevivera a um cancro. Quando a sua mãe decide deixar o seu cão no veterinário para o submeter a uma eutanásia, a assistente decide resgatá-lo, tornando-se na sua nova dona. Depois disso, o cachorro vai conhecer ainda um argumentista fracassado que sonha com a grande oportunidade da sua vida e uma idosa com um sentido de humor muito peculiar…
Estreado no Festival de Cinema de Sundance (EUA), uma comédia negra da autoria de Todd Solondz (“Welcome to the Dollhouse”, “Felicidade”, “Dark Horse – Diário de Um Falhado”), que conta com a participação dos actores Ellen Burstyn, Kieran Culkin, Julie Delpy, Danny DeVito, Greta Gerwig, Tracy Letts e Zosia Mamet.

TRABALHO DE PRETO
nv-author-image

Equipa BANTUMEN

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.