Instituto Camões dá bolsa
a dançarino cabo-verdiano
para criar projecto em Lisboa

Durante um mês, um jovem dançarino cabo-verdiano vai poder viver em Lisboa, para poder criar um projecto na área da dança.

A iniciativa, conjunta entre O Camões – Instituto da Cooperação e da Língua portuguesa e a Câmara Municipal de Lisboa, tem como objectivo lançar uma residência artística. O candidato seleccionado terá a viagem para Portugal paga, a estadia e vai receber uma verba de 500 euros, além de ser acompanhado por uma entidade local.

Se tens a nacionalidade cabo-verdiana e está a viver no país, tiveres experiência em composição coreográfica e quiseres participar no projecto, as candidaturas devem ser enviadas até ao dia 30 de Setembro deste ano, na divisão de Acção Cultural Externa do Camões.

 

TRABALHO DE PRETO
nv-author-image

Equipa BANTUMEN

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.