Guerra das Estrelas

A ideologia dos sabres de luz em Guerra das Estrelas

A ideologia e a mística por detrás do franchise de Guerra das Estrelas é uma das principais razões por ter tantos fãs. As armas, em especial, os sabres de luz utilizados pelos Jedi e pelos Sith têm um significado especial. Para quem está menos atento, pode parecer uma arma normal, mas os mais fanáticos sabem que não é bem assim.

Ler + Lisboetas já podem encomendar comida com a Uber

Feita a partir de cristal Kyber, o sabre de luz resulta da ligação mental do seu dono com a força. É a transformação da conexão emocional com o mundo físico. Por isso é que os sabres de luz têm cores diferentes, visto que por defeito o cristal Kyber não tem cor. Depois de estar na mão da pessoa, o brilho e a cor do sabre muda consoante os sentimentos e os intentos do dono.

O azul e o verde dos sabres de um Jedi representam a sua classificação, emoções e a claridade mental. O vermelho da ordem de Sith é o reflexo de dois sentimentos: raiva e depressão. Uma representação clara do contraste entre as duas forças opostas.

 

BANTULOJA
nv-author-image

Equipa BANTUMEN

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.