Quentin Tarantino não é nada fã da Netflix

Para Quentin Tarantino os anos 90 foram a melhor época enquanto era jovem. Adorava os videoclubes, onde era possível alugar as últimas novidades de filmes e séries. Com o nascimento e crescimento da Internet e do streaming, os videoclubes tiveram o seu fim, mas Quentin Tarantino prefere à moda antiga. O realizador confessou ser fã de cassetes em VHS.

O realizador, produtor, guionista e actor Quentin Tarantino, mais conhecido por “Pulp Fiction” e “Kill Bill”, numa entrevista à Entertainment Weekly, afirmou que não é fã da Netflix. Apesar de admitir que o serviço oferece um número alargado de filmes, é certo que muitos utilizadores não os vejam todos.

“Os videoclubes tinham algo de diferente. Ias lá, vias o que lá estava, escolhias caixas, lias o que tinham na caixa e fazias uma escolha. Falavas com quem estava atrás da mesa e talvez te apontasse para algo mais. Estavas comprometido de uma forma que não estás agora com a tecnologia eletrónica”, contou Tarantino.

BANTULOJA
nv-author-image

Equipa BANTUMEN

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.