O maior encontro de startups no continente africano vai ter lugar nos dias 12, 13 e 14 de Dezembro, em Maputo. O Seedstars Africa vai reunir mais de 500 participantes para discutir inovação tecnológica e ideias de negócio que façam face às problemáticas actuais.

O Seedstars World (SSW) é uma comunidade global e uma plataforma para empresários de áreas tecnológicas em mercados emergentes e em contextos de aceleramento de negócio. A entidade vai reunir em Maputo mais de 500 pessoas ligadas a startups na terceira Cimeira Anual do Seedstars Africa.

O evento acontece numa altura em que já foram realizadas competições ligadas à inovação tecnológica em 20 países africanos, dando a conhecer de forma local e global, as iniciativas mais promissoras de cada mercado. O certame vai interligar os mais importantes players do universo da inovação tecnológica no continente com jovens estudantes, empresários e empreendedores.

O Seedstars World reúne os inovadores mais destacados, empresários, tomadores de decisão, mentores de negócio, investidores e empresas de todo o continente africano, sempre com o objectivo de impulsionar a iniciativa dentro dos ecossistemas de negócio.

“Durante o ano de 2017, avaliámos as melhores iniciativas locais e vimos de perto o crescimento de vários nichos de negócio, testemunhámos o desenvolvimento das melhores startups e um maior envolvimento de parceiros públicos e privados.

Por isso, estamos empolgados por poder reunir toda esta rede em Moçambique, no mês de Dezembro e em conjunto, analisar algumas das oportunidades do nosso continente e explorar como as tecnologias podem melhorar rapidamente o status quo em mercados emergentes de todo o mundo”, afirma Claudia Makadristo, Directora Geral Regional para África.

Numa primeira fase, irá acontecer um bootcamp para as startups participantes, seguida de um passeio pelo mundo de negócios em Moçambique, um dia virado aos investidores e irá culminar com a realização da cimeira no dia 14 de Dezembro. Este evento final irá contar com pitches iniciais, palestras e painéis que irão abordar uma série de tópicos e ideias pertinentes aos empresários presentes.

Ao ser transferido para um país, a organização do evento fica sob a alçada de embaixadores locais. Para o presente ano será a empresa UX Information Technologies, Lda, vencedora de prémios nacionais e internacionais de inovação tecnológica.

Esta cimeira coloca Moçambique nos holofotes internacionais na medida em que se antevê uma das maiores concentrações de talentos e ideias inovadoras tidas neste ano.

“Honra-nos muito organizar a 3ª edição do Seedstars em África. Depois de Marrocos e Ruanda, finalmente trazemos o evento para Maputo. A rede do Seedstars está muito orientada para soluções e acreditamos que esta cimeira tem o ambiente perfeito para troca de experiências entre as melhores startups de África. Serão discutidas estratégias ligadas ao actual ambiente de inovação tecnológica e soluções verdadeiramente aplicáveis para os problemas que enfrentamos neste mercado emergente, tanto no continente como globalmente,” esclarece Tiago Borges Coelho, co-fundador da UX, embaixador local da cimeira.

O Seedstars irá reunir ideias de negócio de países africanos como Quénia, Gana, Mali, Nigéria, Ruanda, Senegal, Tanzânia, Uganda,  Zimbabwe, Camarões, Costa  do Marfim, Etiópia, República Democrática do Congo, Botswana, Angola e Moçambique que, para além de ter startups representadas, é o anfitrião do evento.

Os bilhetes para o evento já podem ser adquiridos através do site www.seedstarsafrica.com.