A polícia dinamarquesa teve a ajuda do Facebook para acusar mais de mil pessoas de terem partilhado um vídeo que envolvia dois menores em práticas pessoais através do Messenger. A informação foi avançada pelo canal britânico, BBC.

Ler+ Stallone apresenta o filho de Drago na sequela de “Creed “

A ajuda do Facebook não invulgar, mas o facto de ter avisado as autoridades e ter indicado o número de vezes que o vídeo foi partilhado pelos utilizadores surpreendeu-nos. Podemos esperar por parte da plataforma um comportamento igual em casos futuros.

Os acusados vão agora a julgamento e, se no final forem considerados culpados, podem vir a enfrentar uma sentença de até 20 dias de prisão. Por consequência, o crime vai ficar nos seus registos durante os próximos 10 anos.