Apesar da grande popularidade na Ásia e Europa, o governo dos EUA, através do FBI, NSA e CIA, apelam aos cidadãos para não usarem produtos da Huawei e da ZTE.

O motivo deste apelo inusitado prende-se com o facto das agências de inteligência norte-americanas não confiarem nas duas empresas asiáticas, considerando que etas tê a “capacidade de modificar maliciosamente ou roubar informação” dos seus utilizadores.

LER+: Facebook e YouTube ameaçados pelos segundo maior anunciante do mundo

Citado pelo The Verge, o director do FBI, Chris Way, indica sentir-se “profundamente preocupado com os riscos de permitir a uma empresa ou entidade em dívida para com governos estrangeiros que não partilhem os mesmos valores de modo a ganhar posições de poder dentro das redes de telecomunicações”.

De recordar que no mês passado era suposto a Huawei ter lançado o seu mais recente topo de gama, o Mate 10 Pro, nos EUA com o apoio da operadora de comunicações AT&T. Porém, o apoio foi retirado à última hora devido a pressão política, um facto que mereceu uma nota do CEO da Huawei, Richard Yu, em plena conferência do Consumer Electronics Show.