Estes são os atletas africanos que competem pelo ouro nas Olimpíadas de Inverno de 2018. Sublinhamos que o número de participantes de origem africana é o maior de sempre. As Olimpíadas de Inverno começaram a 9 de fevereiro, em Pyeongchang, Coreia do Sul e atletas africanos têm as suas taxas de popularidade revistas em alta, sendo que muitos são os primeiros a representar os seus respectivos países nos jogos. Atletas da Eritreia, Nigéria, Madagáscar, Gana, África do Sul e Quénia estão entre o grupo pioneiro.

Simidele Adeagbo


A atleta nigeriana será a primeira mulher a representar a Nigéria em Skeleton. Numa entrevista à OkayAfrica, Adeagbo disse: “Espero que não seja a primeira e a última esperança. A ideia é que isto abra portas para futuras gerações de atletas africanos “.

Mathilde-Amivi Petitjean


Petitjean tem apenas 23 anos e já vai na sua segunda edição de Jogos Olímpicos. A atleta togolesa de skicross esteve presente nos jogos de 2014 na Rússia.

Sabrina Simader


Esta atleta de 19 anos será a primeira queniana a competir em esqui alpino. A atleta começou a praticar este desporto aos três anos, na Áustria, onde era a única rapariga negra. “No início era difícil, estavam sempre a observar-me”, disse a atleta. “Eles ficaram realmente chocados ao verem que uma miúda negra também pode esquiar assim”.

Mialitiana Clerc

A natural de Madagascar será a primeira mulher a competir nos jogos deste ano.

Shannon-Ogbani Abeda

Abeda é o primeiro atleta olímpico de inverno daaEritreia. O atleta de 21 anos representará seu país no esqui alpino.

Akwasi Frimpong

O atleta do Gana compete em Skeleton e quer encorajar outros africanos a tentar desportos não convencionais. “Através do Skeleton, estou a tentar que as pessoas saiam da sua zona de conforto o máximo possível”, disse ao Pulse Ghana. Não podemos ser todos Abedi Pele, não podemos ser todos Usain Bolt, mas temos talento que definitivamente podemos usar “.

Equipe feminina nigeriana de Bobsled

O trio formado por Driver Seun Adigun e Brakewomen Ngozi Onwumere e Akuoma Omeoga são as primeiras africanas a competir neste desporto durante as Olimpíadas. Ao qualificarem-se, Adigun disse: “Este é um marco enorme para o desporto nigeriano”. “Nada me faz pensar que posso desempenhar um pequeno papel na criação de oportunidades para desportos de inverno na Nigéria. O nosso objetivo é ser a melhor representação de África que os Jogos Olímpicos de Inverno testemunharam”.

Adam Lamhamedi

Este esquiador alpino esteve presente nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014 e volta a competir este ano.

Connor Wilson

Connor Wilson é o único atleta que representa a África do Sul nos jogos deste ano.