Uma pesquisa brasileira avaliou 30 auriculares e, segundo o site Viva Bem, 87% deles estavam contaminados. Os fones podem ter até dez mil microrganismos.

Essas bactérias encontradas podem provocar furúnculos, otites ou sinusite, e até o fungo que causa a candidíase. O estudo diz ainda que, para diminuir a hipótese de problemas, é melhor não partilhar os auscultadores com outras pessoas. Se alguém te emprestar um fone de ouvido e esse indivíduo tiver alguma infeção interna, podes ser contaminado.

Então com que frequência é necessário limpar os auscultadores? O recomendado é limpá-los uma vez por semana, com algodão e algumas gotas de álcool isopropílico.