A revista digital OkayAfrica lançou a segunda edição do seu projeto OkayAfrica 100 Women, que é basicamente uma lista das 100 mulheres africanas que se distinguem nas suas diferentes áreas de atuação. O objetivo é celebrar mulheres extraordinárias no continente e na diáspora.

Graça Maria Sanches, cabo-verdiana, a única mulher dos PALOP a entrar nesta lista, foi destacada na categoria Política + Activismo. Sanches é professora de História, deputada, presidente da Rede de Mulheres Parlamentares de Cabo Verde e foi uma dos quatro jovens cabo-verdianos selecionados em 2015 para a Mandela Washington Fellowship, uma bolsa de estudos no âmbito do programa Jovens Líderes Africanos, YALI, que é uma iniciativa governamental do Presidente Barack Obama.

Além da sua formação de base em Educação e da paixão pela política, Graça Sanches é também uma acérrima defensora da equidade de género no seu país, com foco no aumento da participação das mulheres e juventude na política.