A 50.ª ModaLisboa, na qual serão apresentadas coleções para o próximo inverno, decorre a partir de quinta-feira, na Estufa Fria e no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa, desta vez sem desfiles abertos ao público.
Na edição passada, que decorreu em outubro, sete dos 23 desfiles, geralmente acessíveis apenas por convite, foram abertos à população. Mas, desta vez, de acordo com a organização, isso não acontecerá em nenhum.

No entanto, haverá, à semelhança de edições anteriores, atividades abertas ao público, como as ‘Fast Talks’ (conversas rápidas sobre moda), que marcam na quinta-feira, às 18:00 na Estufa Fria, o arranque da 50.ª edição da ModaLisboa.

No debate “sobre os desafios que se colocam à comunicação de moda contemporânea”, que será moderado pela criativa Joana Barrios, participam a escritora parisiense Haydée Touitou, a ‘fashion stylist’ norte-americana Olive Duran, o escritor e curador britânico Paul Gorman e a apresentadora portuguesa Raquel Strada.

Ainda na quinta-feira, no âmbito da ModaLisboa, o Capitólio, no Parque Mayer, acolhe o espetáculo “Style Out Loud”, definido como “uma nova experiência de estilo e música”.

O “Style Out Loud” conta com atuações de Ana Matronic (dos Scissor Sisters), Kiddy Smile, D’Alva, Surma e Emmanuelle e os ‘designers’ de moda Carla Campos, Duarte, Luís Carvalho, Patrick de Pádua, Ricardo Andrez e Valentim Quaresma “vão colaborar com os artistas para criar ‘looks’ inspirados nos seus estilos, música e presença no palco”.

Os desfiles começam na sexta-feira, ao final do dia, no Pavilhão Carlos Lopes, com a apresentação das propostas dos participantes do concurso Sangue Novo, ao qual concorrem finalistas de cursos superiores de Design de Moda de escolas nacionais e internacionais e jovens ‘designers’ em início de carreira.

Nesta edição concorrem Federico Cina, Rita Sá, Inês Nunes do Valle, Filipe Augusto, Opiar, Federico Protto, N’a Pas de Quoi, e Isidro Paiva.

De sexta-feira a domingo, serão ainda apresentadas as coleções de Carolina Machado, Duarte, Aleksandar Protic, Morecco, Awaytomars, Imauve, Gonçalo Peixoto, Patrick de Pádua, Valentim Quaresma, Ricardo Preto, Luís Carvalho, Nuno Gama, Olga Noronha, David Ferreira, Filipe Faísca, Kolovrat, Ricardo Andrez e Dino Alves.

Os desfiles dividem-se entre o Pavilhão Carlos Lopes e a Estufa Fria, ambos situados no Parque Eduardo VII.

O protocolo de cooperação entre a Câmara Municipal de Lisboa e a Associação ModaLisboa, aprovado em janeiro de 2016, que prevê a realização de seis edições (duas em 2016, duas em 2017 e duas em 2018), prevê que a associação promova “ações que garantam o acesso dos vários públicos a este evento e a outras iniciativas da ModaLisboa”.

Por isso, nesta edição e à semelhança de edições anteriores, além das ‘Fast Talks’, estarão abertos ao público o ‘Wonder Room’ [uma ‘pop-up store’ (loja temporária)], a ‘Work Station’, exposição de fotografia que vai sendo construída ao longo dos dias da ModaLisboa, a exposição de calçado “Portuguese Shoes by APICCAPS” e o “‘Showcase ModaPortugal”, uma mostra de moda de autor e indústria.

O protocolo entre a Câmara de Lisboa e a Associação ModaLisboa prevê a cedência de espaços e contribuição de uma verba de 317.500 euros.