Tiger Woods não compete no Masters dos EUA desde 2015, mas isso não impediu o pentacampeão de mandar avisar os seus concorrentes que está em volta e vai fazer mossa no campo.

LER+: CARLÃO ANUNCIA NOME E DATA DO NOVO ÁLBUM

Woods, que perdeu três dos quatro Masters anteriores devido a problemas nas costas, autointitulou-se de “milagre ambulante” e disse que está a senti-se melhor do que há “sete, oito anos”.

É só uma questão de ir lá e competir, jogar e marcar pontos

“Sinto-me ótimo”, disse Woods, durante uma conferência de imprensa do pré-Masters.

“Trabálhamos em várias partes do corpo para ficarem mais fortes, as partes do corpo que precisam ser mais ágeis e sinto-me fantástico. É só uma questão de ir lá e competir, jogar e marcar pontos. (…) Tem sido um caminho difícil. a dor de ficar sentado e a quantidade de vezes que caí porque minha perna não funcionava ou que eu tinha de ficar no chão por longos períodos de tempo. Foram tempos realmente sombrios”, disse Woods.

“A razão pela qual digo que sou um milagre é que não sei se alguém que teve uma fusão na região lombar pode relançar o clube tão rápido quanto eu posso. Isso é incrível”, afirmou o golfista.