Por vezes, temos o costume de pensar que as viagens internacionais são um tanto complexas e até burocráticas. De facto, alguns lugares dificultam mais o acesso de turistas e outros menos, mas se queres gastar menos tempo e dinheiro com documentação, vale a pena ficar de olho no Zimbabué. Se não fores detentor de um passaporte isento de visto, como o angolano, podes obtê-lo à entrada do país, por um período de 30 dias, com três modalidades: simples, duplo e múltiplas entradas.

Fica aqui a conhecer alguns dos lugares fantásticos que o país do “tio” Robert Mugabe nos oferece.

VICTORIA FALLS

Victoria Falls é um destino de tirar o fôlego, daqueles que faz-nos sentir uma formiga diante do mundo. É também considerada o coração de África, as cataratas têm a sua formação na fronteira entre Zâmbia e o Zimbabwe. Listada entre as 7 Maravilhas Naturais do planeta, é a maior queda de água do mundo.

MANA POOLS

Mana Pools fica no norte do Zimbabué e é um local perfeito para passar uns dias sem stress. Próximo do Rio Zambeze, o Parque Nacional de Mana Pools tem quatro piscinas principais, numa estreita planície inundada, que segue o curso fluvial.

No local podemos ainda encontrar diversas espécies animais, entre aves, elefantes, leões, leopardos e búfalos.

Galeria Nacional 

A Galeria Nacional do Zimbabué possui uma excelente coleção de arte plástica africana e europeia, além de uma loja onde pode-se adquirir objetos de artesanato de grande qualidade. Se queres ver exposições itinerantes de arte deves ir à Galeria Delta, número 110 da Avenida Livingstone.

HOSPEDAGEM

Sugerimos ficar no N1 Hotel & Campsite. Que tem uma localização ótima e dá para ir à pé tanto para as cataratas como para o mercado tradicional do centro. O hotel tem uma área para campismo e também tem quartos bem confortáveis, além de uma piscina.


MOEDA

A moeda no Zimbábue é o dólar americano. Depois de um período de inflações, o país decidiu adotar o dólar para estabilizar a economia. Então, mesmo que vá retirar dinheiro num ATM, a única opção será retirar dólar.

GASTRONOMIA

Mama África é um restaurante com música e comida local. É bastante frequentado por turistas. No cardápio, há iguarias à base de carne de elefante. Entre outros pratos, temos  o sadza, prato super típico e que é basicamente um puré de arroz.