Tim Bergling, conhecido no mundo artístico como Avicci, foi encontrado morto em Omã. A informação foi confirmada pelo seu representante legal, através de um comunicado. O artista tinha 28 anos.

“É com profunda tristeza que anunciamos a perda de Tim Bergling, também conhecido como Avicii. Ele foi encontrado morto em Muscat, Omã, esta sexta-feira. A família está arrasada e pedimos a todos que respeitem a sua privacidade neste momento difícil. Nenhuma declaração adicional será dada”, avançou o comunicado enviado à comunicação social.

Depois de confirmada a triste notícia, os seus colegas de profissão não demoraram muito a reagir através das redes sociais. Mensagens de apoio, de condolências e elogios ao trabalho que deixou para trás são as palavras que encontramos na Internet.

Calvin Harris utilizou o Twitter para enviar enviou uma mensagem à família de Avicii: “Notícias devastadoras! Uma alma linda, apaixonada e extremamente talentosa com muito mais para dar. O meu coração está com a família dele. Deus te abençoe!”, escreveu.

No Instagram, Diplo apelidou-o de “um verdadeiro criador” na arte que produzia sempre que estava em estúdio.

Sem se saber as causas da sua morte, é do conhecimento público que Avicii deixou de actuar ao vivo porque sofria de uma pancreatite aguda, uma doença que afecta o pâncreas.   O seu passado ligado ao alcoolismo também terá piorado a situação.

Revê em baixo um dos maiores hits criados e produzidos pelo artista sueco.