Angola está a construir mais um satélite com o nome AngoSat-2. A informação foi avançada pelo Jornal de Angola, durante uma entrevista ao ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha. O satélite deverá começar a ser construído a partir do dia 24 de abril.

Depois de vários rumores que ditavam que o primeiro satélite de comunicações de Angola, AngoSat-1, lançado no dia 26 de dezembro do ano passado, tinha perdido contacto com a estação terrestre de controle, já é possível acompanhar os sinais vitais (parâmetros) do Angosat-1 em tempo real clicando aqui.

O ministro admitiu também que se registaram algumas perturbações no funcionamemento do Angosat-1 desde o início.

O novo satélite deve ser entregue às autoridades angolanas dentro de ano e meio. De acordo com os termos do contrato, a criação do novo satélite não envolverá quaisquer custos para Angola, já que o primeiro está coberto por um seguro de 121 milhões de dólares, valor suficiente para a construção de um outro.

A avaliação definitiva do Angosat-1 será feita segunda-feira, em Luanda, em conferência de imprensa. Para o efeito, encontra-se na capital angolana uma equipa técnica da Roscosmos, consórcio espacial estatal da Rússia que construiu o primeiro satélite angolano.

Os serviços do satélite angolano começam a ser disponibilizados dentro de aproximadamente 90 dias.