O Gmail está a revolucionar a forma como usamos a nossa caixa de correio. O serviço da Google, usada por milhões de pessoas em todo o mundo, vai ajudar-te a escrever à “velocidade” da luz e vai permitir que os teus emails se apaguem sozinhos.

O “Smart Compos” é um novo recurso que chegará nas próximas semanas e que vai sugerir grupos de palavras enquanto escreves o teu email. O recurso tem o apoio de inteligência artificial para detectar que conjunto de palavras sugerir. Para definir o que usar, basta pressionar a tecla Tab para validar.

Outra atualização importante é a nova barra de ferramentas retrátil, no lado direito do ecrã, que permite permite ao utilizador manipular os outros produtos do GSuite que são o Google Calendar, o Google Keep ou o Google Task. Há também uma função de resposta inteligente, que responderá diretamente às sentenças oferecidas pela interface. Frases que serão geradas por um algoritmo que analisou o conteúdo do teu email.

E a actualização que provavelmente mais burburinho provoca é a autodestruição dos emails. O utilizador pode programar a autodestruição de mensagens. Assim, para os e-mails mais sensíveis, poderás definir uma data de expiração. Após esse período, o email enviado não pode ser lido. Na verdade, o destinatário não receberá realmente um email, mas um link no qual terá que clicar para ver a mensagem. Além disso, também podes impedir que o destinatário imprima, descarregue, copie ou encaminhe a tua mensagem eletrónica.