Para quem tem passado ao lado da comunicação social internacional, há um jovem maliano que tem sido a atração do momento. Em Paris, o jovem Mamoudou Gassama, a viver ilegalmente em França desde setembro de 2017, foi o herói de uma história que poderia ter acabado da pior forma.

Um menino de quatro anos foi deixado em casa sozinho pelo pai, enquanto este ia às compras. Sem se saber ainda como, o rapaz acabou por pendurar-se numa das varandas de sua casa, correndo o risco de cair de uma altura de cinco andares. Note-se que a criança acabou mesmo por cair do quinto andar, tendo no entanto conseguido se agarrar à vedação exterior da varanda do quarto andar. Intrigado pelos gritos dos transeuntes petrificados com a cena que estavam a assistir, Mamoudou nem teve tempo de pensar. O jovem viu a criança e acorreu em seu socorro. Em poucos segundos, o maliano escalou quatro andares tal qual homem aranha para salvar a criança em perigo.

O acto heróico valeu a Mamoudou ser condecorado herói e ser recebido pelo Presidente da República, Emanuel Macron. Mas não foi tudo, Mamoudou muito em breve vai ser francês. O próprio governo francês indicou que o jovem tinha de ser agraciado com a excepção de ver acelerado o seu processo de regularização no país, e ser-lhe-á então concedida a nacionalidade.