O mundo está rendido ao equipamento que a seleção nigeriana vai levar para o mundial de futebol, mas não é só a camilosa da Nigéria que é gira.

As selecções que vão representar África na Rússia, no evento que começa a 14 de junho e estende-se até 15 de julho, são a Nigéria, Egipto, Senegal, Tunísia e Marrocos.

As respetivas camisolas têm os patrocínios de grandes empresas desportivas como adidas, Puma e Uhlsport, da Alemanha, e a norte americana Nike.

Equipamento da seleção da Nigeria feito pela Nike

O equipamento dos nigerianos foi um dos mais procurados pelos torcedores em Londres, que na sexta-feira passada (1), lotaram a principal loja da Nike. E não é só isso, na Internet, tanto a primeira camisola quanto a segunda, esgotaram em três minutos e já não há estoque nos vários site europeus.

Equipamento da seleção da Senegal feito pela Puma

Liderados pelo avançado do Liverpool Sadio Mané, a seleção senegalesa para o Mundial’2018 vai levar um equipamento da Puma.

Equipamento da seleção da Egito feito pela Adidas

Para este mundial, a adidas preparou a tradicional cor vermelha como predominante e possui um padrão quadriculado na região frontal. As três riscas da marca alemã estão nas laterais, em branco, enquanto a gola redonda e os punhos possuem a cor preta.

Equipamento da seleção da Marrocos feito pela Adidas

A seleção marroquina participou nos mundiais de 1970, 1986, 1994, 1998, – a melhor posição obtida um 11.º lugar em 1986 – e também está classificada para o mundial da Rússia. Este ano, a equipa integra o grupo B, onde vai enfrentar Espanha, Portugal e Irão. As novas camisas da equipa são da adidas.

Equipamento da seleção da Tunisia feito pela Uhlsports

A Uhlsport, conhecida pelos materiais desportivo para guardares, é que produziu as novas camisolas que a seleção Tunisina vai levar para o mundial.