Este ano, no Campeonato do Mundo de Futebol, que se disputa na Rússia, aconteceu uma situação inédita: não existe nenhuma seleção africana a disputar os oitavos-de-final da competição.

Desde 1986, data em que foi inserida esta fase no formato do torneio, as seleções africanas estiveram sempre presentes nos “oitavos”. Isto acontece quatro anos depois de o continente africano estar representado por duas equipas (Nigéria e Argélia).

Recordemos que até 2010, o continente teve sempre uma equipa nesta fase do Mundial.

Na Rússia, Senegal, Egito, Marrocos, Nigéria e Tunísia falharam o apuramento para a próxima fase e inscreveram o seu nome na História dos Campeonatos do Mundo pelos piores motivos.

De destacar ainda a presença de dez seleções provenientes da Europa – são elas Rússia, Espanha, Portugal, França, Dinamarca, Croácia, Suíça, Suécia, Inglaterra e Bélgica – quatro sul-americanas (Brasil, Argentina, Uruguai e Colômbia), uma da América do Norte (México) e uma asiática (Japão).

Os oitavos-de-final do Campeonato do Mundo de Futebol arrancam este sábado e estendem-se até à próxima terça-feira.