Depois da sua primeira edição em 2016 nos Jardins Municipais de Oeiras, o festival Iminente tem ganho alguma popularidade entre os festivaleiros urbanos, facto confirmado  na segunda edição, em 2017, onde a música e a arte andaram de mãos dadas.

O festival Iminente conta com curadoria de Vhils, da plataforma Underdogs, e das editoras Enchufada, Príncipe e Versus, numa parceria conjunta com a Câmara Municipal de Lisboa.

O cartaz deste ano já está pronto assim como um novo local foi escolhido. De acordo com a organização, este novo local é “provavelmente um dos sítios mais incríveis no mundo para se fazer um festival”, falamos do Panorâmico de Monsanto, no Parque Florestal de Monsanto.

Em tempos, o espaço foi um restaurante, “Restaurante Panorâmico de Monsanto”, e mais tarde o edifício transformou-se numa discoteca, num bingo, num escritório de uma empresa de filmagens e até num armazém de materiais de construção civil. Em 2001 fechou definitivamente. Hoje, tornou-se num local abandonado que delicia as lentes e objectivas das câmaras fotográficas de quem por lá passa.

View this post on Instagram

E aí está o momento! Novo ano. Nova música. Nova experiência de intimidade colectiva, expressão e provocação artística. Temos datas, line up e um novo poiso confirmados para o Festival Iminente 2018. À 3ª edição ocupamos o icónico Panorâmico de Monsanto para 3 dias de intensa intimidade colectiva. O recreio perfeito para a música e para a arte, em pleno pulmão da capital. Diz que esgota rápido, mas que sabemos nós?Talvez seja melhor ficares em casa. . ASSINA A NOSSA NEWSLETTER E SÊ NOTIFICADO DA ABERTURA DAS BILHETEIRAS EM 1ª 👉 @festivaliminente . EN. The time has come! New edition, new music, new experience of colective intimacy and artistic expression. It's time to unveil date, line-up and the extraordinary new location for Festival Iminente 2018. In this year's edition we take #Panorâmico de Monsanto and make it the perfect playground for new music, new art and a new experience of collective intimacy. Up there, right in the green lung of Lisbon. The tickets will sell out very quickly. Just saying. So probably it's best you stay home. . SIGN UP TO OUR NEWSLETTER AND KNOW ALL ABOUT TICKET SALES 1st 👉 @festivaliminente . #Iminente2018 #OMelhorÉFicaresEmCasa #ESeVieresNãoTragasCarro . ///// CHECK OUT ALL INFO ON OUR NEW WEBSITE 👉 www.festivaliminente.com /////

A post shared by Festival Iminente (@festivaliminente) on

O novo local do festival é carregado de histórias e memórias. O que acaba por justificar o novo preço do bilhete que passa a custar agora dez euros em vez de seis como nas edições passadas.

Podes comprar o bilhete a partir das 16 horas de dia 4 de Setembro, que te dá acesso aos três dias de festival, 21,21 e 23 de Setembro. O cartaz conta com artistas internacionais e nacionais como: DJ Maseo, dos De La Soul, e o rapper Havoc dos Mobb Deep, o cantor angolano Bonga, o músico sírio Omar Suleymane os portugueses Conan Osíris, Octa Push, Keso, Valete, Gisela João, Fogo Fogo, Norberto Lobo, Sara Tavares, Napoleão Mira, Carlão, Nídia, DJ Glue e Marta Ren & The Groovelvets entre outros.

O acesso ao panorâmico não é dos mais fáceis e só poderá ser feito de transportes, a pé ou de bicicleta, uma vez que não é permitida a circulação de automóveis. Em parceria com a Carris, o acesso ao Festival Iminente será feito através de ligações especiais.