O Podcast #18 dá-nos a conhecer a história de um sonhador que quer contar histórias baseadas na realidade da sociedade onde nasceu e cresceu. A BANTUMEN falou com Hamilton Trindade, são-tomense, realizador e de alguma forma agricultor, que tem um sonho de mais tarde viver do que a terra lhe dará.

A história de Hamilton Trindade  começa, curiosamente, pela agricultura. Saiu de São-Tomé e Príncipe com o objectivo de se tornar num técnico de Produção Agrária, mas o amor pelas novas tecnologias fez com que mais tarde ingressasse na Universidade de Aveiro e se  licenciasse no curso Novas Tecnologias da Comunicação.

À medida que fazia o curso deixou-se guiar por uma cadeira em especifico, “Produção Audiovisual”, e daí nasceu a ideia de fazer algo relacionado com o cinema.

Em 2010 começou a trabalhar como voluntário e a fazer workshops no Festival de Cinema Avanca. Foi-lhe proposto que começasse a fazer projetos e dessa sugestão nasceu o seu documentário Sonho Longínquo no Equador, que pode ser visto aqui, onde ganhou o prémio “Menção Especial do Júri” no festival, em 2017.

Hamilton, de forma a ajudar o cinema do seu país, criou o São Tomé Film Festival, um festival de cinema nacional e internacional. Abaixo está o podcast, onde poderás conhecer mais sobre o cineasta que acredita estar no caminho certo para colocar o cinema da sua terra natal no mapa.