repteis anfibios

400 espécies de répteis e anfíbios de Angola documentados em atlas

Cerca de 400 espécies animais fazem parte do Atlas dos Répteis e Anfíbios de Angola, que acaba de ser publicado pela Academia de Ciências da Califórnia, nos EUA.

Com o título Diversity and Distribution of the Amphibians and Terrestrial Reptiles of Angola, o atlas vai estar também disponível online, para consulta gratuita, e será apresentado em Luanda ainda neste mês.

Obra reúne informação científica sobre quase 400 espécies, entre 117 anfíbios e 278 répteis, e atualiza a obra publicada no fim do século XIX pelo naturalista José Vicente Barbosa du Bocage. Os dois primeiros autores também são biólogos portugueses.

“A riqueza e as características da herpetofauna angolana, despertaram e continuam a desper- tar, o interesse de inúmeros estudiosos em todo o Mundo. A privilegiada localização geográfica que coloca Angola nas regiões central e meridional do continente africano faz do país um caso raro, ao acolher no seu regaço animais de dois espaços diferentes do continente africano, beneficiando por isso de uma deslumbrante variedade de répteis e anfíbios, como poucos países. De cores, tamanhos, formatos e comportamentos diferentes, esses espécimes levaram a que biólogos, exploradores e cientistas se debruçassem sobre o seu estudo, de modo denodadamente abnegado e por longo tempo.” As palavras são de Paula Cristina Coelho, ministra do Ambiente de Angola, inscritas no prefácio do estudo publicado online.

nv-author-image

Equipa BANTUMEN

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.