Masego, NGA e Russa foram alguns dos artistas que fizeram a plateia vibrar de emoção neste primeiro dia do festival Super Bock em Stock, em Lisboa.

As atuações estão espalhadas pelas ruas da capital portuguesa, com 52 artistas programados para 12 salas. Um desses espaços é o Bloco Moche, onde Russa abriu as hostes desta noite de sexta-feira, 23.

Foto: Miguel Roque / BANTUMEN

Com o público ainda a entrar nas instalações, a cantora algarvia, que colocou a vida profissional de lado para se dedicar a tempo inteiro à sua carreira como rapper, entrou a todo o gás com temas como “Entre Lisboa e Londres”, “Eu Só Segui em Frente” e “Switch”.

Com a casa já lotada, NGA subiu ao palco pela primeira vez depois do lançamento do seu álbum mais recente “Filho das Ruas II“, que já está disponível em todas as plataformas digitais.

Foto: Miguel Roque / BANTUMEN

Entre êxitos mais antigos como “Qual é o Mambo?”, que não contou com a presença de Masta que está em Angola a preparar o seu trabalho a solo, e os mais recentes como “Depois do Amor”. O público acompanhou o artistas em todas as letras (literalmente).

Foto: Miguel Roque / BANTUMEN

Para o fim do alinhamento ficou Micah Davis, mais conhecido no mundo da música como Masego. A atuação do intérprete jamaicano era uma das mais aguardadas da noite pelos fãs que ali se juntaram.

Assim que arrancou com a primeira música, as redes sociais ficaram preenchidas com excertos da sua performance. “Navajo”, “Tadow”, “Lady Lady” e “Old Age” foram alguns dos “hits” que ecoaram nas paredes do Capitólio.