Miguel Neto

Miguel Neto edita em Lisboa livro sobre Luís Visconde

O jornalista e radialista angolano Miguel Neto edita o livro sobre a vida e obra do músico Luís Visconde, esta sexta-feira, 14 de dezembro, na Embaixada de Angola em Lisboa.

A obra é resultante de cerca de três anos de uma minuciosa pesquisa, motivada pela ausência de informação sobre uma “estrela” da música angolana, que é o autor do clássico da música “Chofer de Praça”, que fez sucesso nos anos ’60.

O livro tem como título “Meio Século Sem o Carismático Luís Visconde – Um Artista com uma Carreira Meteórica”, contém mais de 300 páginas e está a ser lançado pela editora Obnósis.

Imagem Divulgação

O jornalista e radialista explicou que as pesquisas foram na sua maioria com base em conversas com quem conheceu Ângelo Quental. “O cantor Paulino Pinheiro e o guitarrista Nito Saraiva também contribuíram, além de Zé Cambuta e de “Tia” Nina ,pessoas que tiveram oportunidade de viver e conviver de perto com Luís Visconde. O irmão de Luís Visconde foi quem me autorizou a publicar todos esses textos”, explicou-nos.  “As pesquisas conheceram algumas dificuldades aquando da busca nos Arquivos Históricos em Portugal, onde pouco ou quase nada pude encontrar”, frisou Neto, acrescentando que não foi fácil basear-se apenas em argumentos de amigos e familiares do carismático músico.

O livro expõe inúmeros factos passados na década de 1960, quando Luís Visconde se transformou na maior “coqueluche” da época. “Luís Visconde foi um jovem artista muito querido por causa do teor das suas composições. Além de um exímio intérprete, era também um grande modelo em palco”, elucidou.

Miguel Neto

Miguel Neto | Foto: BANTUMEN

Por ser uma edição limitada, presume-se que apenas vão estar à venda na Embaixada de Angola em Portugal e sem data para chegar às livrarias portuguesas ou uma reedição para Angola.

Esta é a terceira obra literária assinada pelo jornalista, tendo sido a primeira editada em 2009, com o título A sarrabulhada, livro que enfatiza os valores que a sociedade angolana deverá resgatar para que se possa “ter e sentir enquanto enquanto uma nação”. O Relato da Minha Trajectória, segundo livro do radialista e apresentador, retrata a sua experiência profissional e a opinião sobre alguns dos principais acontecimentos registados  nível artístico nacional e internacional, como os pormenores dos assaltos que os cantores norte-americano 50 Cent (2008) e The Game (2007) sofreram em Luanda, além também de detalhes do velório do Michael Jackson, no dia 25 de Junho de 2009, onde Miguel Neto esteve presente.

BANTULOJA
nv-author-image

Equipa BANTUMEN

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.