Kishi

“Depois da Meia Noite”: Kishi lança álbum de estreia

Depois da Meia Noite é o álbum de estreia da banda de rock angolana denominada Kishi, que atua dentro do género stoner. o grupo é composto pelo vocalista Manel Kavalera, pelo guitarrista Bruno Braz, pelo baixista Hugo Domingos e pelo baterista Yannick Merino.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Yannick Merino (@warlock_merino) a

O Stoner Rock é uma fusão do rock entre elementos do heavy metal, doom metal, rock psicodélico e acid rock

Kishi tem intensidade, feeling e técnica, e nota-se facilmente que é uma banda que sabe o que faz. O quarteto é relativamente recente, 2017, mas sobressai pela sua produção e aparições regulares em eventos.

O Stoner Rock é uma fusão do rock entre elementos do heavy metal, doom metal, rock psicodélico e acid rock. Por conta das semelhanças entre o Stoner e o Sludge, muitas vezes  as bandas acabam por misturar ambos. Algumas até incorporam elementos de Doom Metal.

A gravação do álbum Depois da Meia Noite foi feita sob a orientação de Mauro Almeida. A captação das oito canções do foram feitas no Estúdio Rádio Vial, em Luanda, e as misturas das músicas foram feitas pelos membro da banda, que optaram por delegar a masterização ao produtor Bradley Broatright, do Estúdio Audiosiege (Portland), reduto de produção de álbuns de bandas de como Sleep e Obituary.

As temáticas das canções transitam entre lendas urbanas angolanas e reflexões existenciais, mas Depois da Meia Noite apresenta outros tipos de interpretações do hedonismo em que nós, como seres humanos incompletos e complexos, estamos inseridos. O tema “Get Stoned” dá origem ao primeiro videoclipe oficial do álbum e já está disponível nas redes sociais dos Kishi.

 

nv-author-image

Mauro Aghuas

Pai de 2| Linux entusiasta| Fã de Cazuza | amante da cultura Hip-Hop e apaixonado por festivais de Rock em Angola