Chinonye Chukwu é a primeira mulher negra a vencer um “Grand Jury Prize” no Sundance Film Festival

Chinonye Chukwu é a primeira mulher negra a ganhar o grande prémio do júri no festival de cinema de Sundance 2019, que se realizou no fim de semana passado em Park City, EUA.

A directora nigeriana e americana tornou-se na primeira mulher negra e africana a ganhar tal prémio, tornando-se num marco importante para os afro-americanos. O seu filme “Clemency” foi o motivo do grande prémio, após as críticas que foram muito boas.

Esta vitória fez história e faz de Chinonye Chukwu a primeira mulher negra a conseguir o maior prémio do festival. Nascida na Nigéria, e com um vida passada no Alasca, EUA, escreveu e dirigiu o drama que teve Alfre Woodard no papel principal. O enredo gira em torno de um diretor de uma prisão que luta com as emoções e as mortes que o seu trabalho endura.

“Fiz um mergulho profundo de quatro anos na pesquisa e na defesa de direitos necessários para contar esta história”, disse Chukwu numa entrevista ao Democracy Now.

Ava DuVernay e Tessa Thompson foram duas das pessoas que parabenizaram Chinonye Chucku pela vitória, vê abaixo os tweets:

Wilds Gomes

Sou um tipo fora do vulgar, tal e qual o meu nome. Vivo num caos organizado entre o Ethos, Pathos e Logos - coisas que aprendi no curso de Comunicação e Jornalismo. Do Calulu de São Tomé a Cachupa de Cabo-Verde, tenho as raízes lusófonas bem vincadas. Sou tudo e um pouco, e de tudo escrevo, afinal tudo é possível quando se escreve.