Jazell Barbie Royal, a primeira transexual negra a ganhar concurso de beleza na Tailândia. A norte-americana Jazell Barbie foi coroada esta sexta-feira, 8 de março, « Miss Rainha Internacional” no concurso de beleza de mulheres transexuais, na Tailândia. Real Jazell Barbie tornou-se na primeira mulher negra a ganhar o troféu desde a sua criação em 2004.Quando o seu nome foi anunciado, Jazell mal conseguiu acreditar na sua vitória e « explodiu” em lágrimas na frente da plateia reunida em Pattaya, na costa da Tailândia. Jazell Barbie Royal, 31 anos, concorreu com outros 19 19 candidatos, provenientes do Brasil, Peru e vários países asiáticos.O objetivo da sua participação é dar o exemplo. “Se ela pode fazê-lo, eu vou ser a Miss Rainha Internacional no próximo ano », disse a vencedora imaginando-se na pele de outras mulheres transexuais negras ao verem a sua vitória. Durante o seu « reinado”, Jazell quer usar a sua fama para educar as pessoas sobre os testes de HIV, sexo protegido e tratamentos médicos.

A Tailândia é o lar da comunidade transgénero mais visível e afirmada a nível asiático, mas os casamentos de casais do mesmo sexo ainda não são reconhecidos e os atos de discriminação persistem.Apesar da atitude relativamente aberta da Tailândia sobre questões relacionadas com a comunidade LGBT, as suas políticas ainda andam lado a lado com as de países menos tolerantes, como a Malásia, onde a retórica hostil tem crescido nos últimos meses.Um líder da oposição declarou no ano passado que o terremoto e tsunami que matou milhares de pessoas na Indonésia eram “castigo de Alá” para as ações de homossexuais.”Alguns na comunidade LGBT na Malásia não têm emprego, casa ou família, porque os seus parentes não os aceitam”, disse a concorrente da Malásia  Larra Jassinta.