Victor Hugo Arcanjo, o melhor cinturão roxo do mundo de jiu-Jitsu

Victor Hugo Arcanjo é o nome que tem representado Angola em grande estilo em diversos diversos campeonatos de Jiu-Jitsu.


O atleta é faixa roxa e representa a Z1academy. Atualmente, Vitor já conta com importantes conquistas. Com mais de 100 lutas realizadas, o lutador foi destaque em torneios como o campeonato africano de Jiu-Jitsu da Cidade do Cabo, África do Sul, o Grand Slam de Abu Dhabi, entre outros.

Nascido em Luanda, a 27 de fevereiro de 1998, Victor Hugo cresceu na zona dos Combatentes e entrou no mundo do jiu-jitsu para perder peso e “devido a um trauma”, como afirma o campeão. “Foi numa época em que os homicídios e agressões na cidade se faziam notar”, daí a necessidade de aprender a defender-se. A sua maior motivação foi também quando um tio lhe disse: “um homem só é livre quando aprende a defender-se”.

 

Entretanto, em 2018, sagrou-se campeão africano e tomou de rompante a primeira posição do ranking mundial de Jiu-Jitsu pela “UAEJJF”, a Federação Internacional dos Emirados Árabes.

https://twitter.com/VH_Arcanjo_Z1/status/1102201039112060928

O campeonato anual aconteceu de 1 a 3 de março e a defesa do título está agendada para o próximo ano. Uma semana antes dessa vitória o Victor foi vice-campeão europeu e também ganhou o GrandSlam, em Abu Dhabi, o segundo maior campeonato da “UAEJJF”.

Apesar de todos os títulos ganhos até hoje, Victor Hugo não vive do Jiu-Jitsu. Mas os patrocínios como Anglobal Soluções e Inovações, Clínica Dentária Neovita, Fightshopangola e a ajuda pessoal do apresentador de televisão Daniel Nascimento, a nível de Marketing, faz com que tenha a sua vida financeira e atividades asseguradas e suportadas.

Sobre o seu futuro, apesar de não pensar muito no assunto, a grande probabilidade de passar pelo MMA, destino comum dos atletas de artes marciais, pode vir a acontecer. Contudo, “o futuro é incerto”, afirma o lutador.

A sua maior inspiração é um dos melhores jogadores do mundo, Cristiano Ronaldo. “A garra e determinação de CR7 faz com que lute mais pelo que gosta”, justifica. 
O treino de Vitor Hugo, tal como acontece ao jogador da Juventus, é muito intenso. Treina duas a três vezes por dia, faz várias sessões de jiu-jitsu e depois completa o treino com outras atividades físicas.

Se a luta não fizesse parte da sua vida muito provavelmente, hoje, Victor seria um jovem com um estilo de vida pouco saudável. Victor Hugo gosta também de música e não descarta a possibilidade de algum dia vir a cantar e tornar-se num rapper. Já tem algumas letras escritas e faz freestyle com amigos quando tem oportunidade.

Para além de querer ganhar tantos títulos mundiais quanto possível no tatâm, Vitor tem um objetivo de vida importante a realizar – ter o seu diploma académico em Economia – e ser bem sucedido financeiramente.

Podes acompanhar mais sobre a carreira desportiva do melhor cinturão roxo do mundo de jiu-jitsu na sua página de Instagram @Victorhugoarcanjo

Mauro Aghuas

Pai de 2| Linux entusiasta| Fã de Cazuza | amante da cultura Hip-Hop e apaixonado por festivais de Rock em Angola