Desde que o Tumblr lançou o “modo de segurança” o engajamento no site foi prejudicado, com as visualizações de páginas a cair quase 30% nos primeiros três meses.

Para os utilizadores do Tumblr, o final de 2018 ficou marcado pela exclusão de várias contas e a eliminação da aplicação da Apple Store, por permitir que os utilizadores façam upload de conteúdo sexualmente explícito envolvendo menores.

Em resposta à decisão da Apple de remover o aplicativo, os executivos da empresa introduziram uma proibição total da pornografia e do conteúdo sexualmente explícito, a partir de 17 de dezembro de 2018.

O que, provavelmente, os executivos do Tumblr não estavam à espera era da queda abrupta das estatísticas de engajamento. De acordo com a SimilarWeb , o tráfego caiu de 521 milhões de visitas em dezembro para 369.5 milhões em fevereiro de 2019, o que representa 29% menos visualizações de página. Contudo, essa queda surpreendente pode ter não ter sido assim tão surpreendente, porque 22% dos utilizadores do Tumblr eram consumidores de conteúdo para adultos”. Além de que a app acabou também por ser vista como um local seguro para muitos pré-adolescentes explorarem a sua identidade sexual.

via GIPHY

Escusado será dizer que a proibição tem sido profundamente impopular. Esta não cobre apenas conteúdo ilegal, como se estende a qualquer imagem, GIF ou vídeo considerado NSFW. Embora existam ressalvas que permitem aos usuários fazer upload de texto erótico e nudez, a NSFW inclui imagens que exibem “genitais humanos”, “atos sexuais” ou “mamilos femininos”, sim, parece que os mamilos masculinos são menos “ofensivos”.

A revista feminina Glamour relatou que “mais mulheres usam o Tumblr do que os homens – 54 a 46% – o que significa que grande parte do conteúdo é criado por mulheres para mulheres, dotando-o de uma sensação implícita de poder e segurança que muitas vezes parece ausente em sites pornográficos. “