O filme Falso Perfil, do qual já falámos aqui, tem sido distinguido com vários prémios da indústria cinematográfica angolana. O último reconhecimento chegou através do Moda Luanda, que aconteceu no passado fim-de-semana.

A trama resulta de uma ideia original de Walter Cristóvão, escritor e argumentista, e de Dorivaldo Fernandes, realizador. Micaela Reis, Raul Jorge Resende Rosário, Igor Benza Feliciana Lau Luzayamo, Sizainga e o próprio Sílvio Nascimento são os nomes de peso no cinema angolano que compõem o elenco da trama, que expõe os comportamentos de risco potenciados pelas redes sociais.

A longa-metragem tem feito sucesso desde a sua estreia e garantiu em 2018 o seu lugar na lista dos filmes favoritos, dentro das produções cinematográficas do mesmo ano.

Falso Perfil conquistou o maior número de troféus na categoria TV / Cinema, dos prémios Moda Luanda, com Melhor Atriz de Drama, para Micaela Reis; Contributo para o Cinema de 2018 e Melhor Produção Executiva para a Clé Entertainment.

Ainda na cerimónia, o ator Fredy Costa foi eleito Melhor Ator de Drama, pela personagem de Diogo na telenovela “Apocalipse”, da Tv Record, o Melhor Ator de Comédia foi para Costa Vilola, e o de Melhor Actriz de Comédia foi atribuído a Rosa de Sousa.

Na categoria de música, destaque para o grupo Mobbers, que venceu os troféus de Melhor Artista / Grupo de Música Moderna e de Espectáculo do Ano, enquanto Noite e Dia arrebatou o prémio de Melhor Performance Feminina e de Música de Festa do Ano, com o tema “Lhe Avança”.

Seguiram-se Preto Show, Anna Joyce (Música Romântica do Ano), Nelasta (Melhor DJ), Matias Damásio (Augusta), Gerilson Insrael (Estrela Em Ascensão), Alma gémea (Melhor colaboração), Biura (Artista Rap) e Pérola (Vídeo do Ano).